Tinta da China

Julgar um livro pela capa pode não ser a coisa mais correcta para se fazer, mas a Tinta da China conseguiu tornar-se numa referência incontornável do melhor design editorial nacional. Sob a direcção de arte de Vera Tavares, a editora lisboeta criada em 2005 apresenta capas inconfundíveis com uma clara inspiração no design gráfico de meados do século passado, ao estilo do trabalho do emblemático Saul Bass. Para além da colecção Literatura de Viagens, gosto da capa do livros 'Agora a Sério' de Tom Stoppard e do 'As Vidas dos Outros' de Pedro Mexia.