AIM por Bouroullec

Ainda me lembro quando há cerca de dez anos, os irmãos Bouroullec vieram a Lisboa apresentar o sistema Joyn da Vitra. Durante uma pequena entrevista, o mais velho Ronan, disse-me que se não fosse designer, poderia ter sido, quem sabe, pescador... ainda bem que se ficou pela primeira, basta ver o novo candeeiro AIM para a Flos (acabei de montar um há pouco). Mais uma vez, a dupla de designers conseguiu surpreender num mundo onde já se 'inventou tudo'. Tendo como base os candeeiros de edição limitada Lianes, criados para a Galerie Kreo em 2010, os AIM são inventivos, muito apelativos e dão uma iluminação magnífica. Adoro!